Berenice Azambuja morre aos 69 anos em Passo Fundo

Gaiteira, cantora e compositora, Berenice teve uma parada cardíaca no hospital São Vicente de Paulo

Por Oeste Mais

04/06/2021 08h32 - Atualizado em 04/06/2021 08h32



Berenice lutava contra um câncer no pâncreas e morreu após parada cardíaca (Foto: Reprodução/Galpão Crioulo)

Morreu na noite desta quinta-feira, dia 3, a gaiteira, cantora e compositora Berenice Azambuja. Aos 69 anos, ela estava internada no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo, na região Norte do Rio Grande do Sul.

 

Berenice lutava contra um câncer no pâncreas e morreu após uma parada cardíaca. Ela deixa um filho. As cerimônias de despedida acontecem nesta sexta-feira, dia 4, na cidade de Vila Lângaro, no Norte gaúcho. O enterro está previsto para as 17 horas.

 

"Lutou até não aguentar mais", disse a amiga Ana Paula Bolsonelo Costa, que acompanhou Berenice nos últimos dias.

 

Em abril, Berenice recebeu alta de hospital após superar a Covid-19. Para comemorar, saiu da instituição tocando gaita e cantando o seu maior sucesso 'É disso que o velho gosta'.

 

Natural de Porto Alegre, Berenice foi umas das mulheres pioneiras no tradicionalismo gaúcho. Ela soma 17 discos gravados, sendo que três conquistaram o Disco de Ouro.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.