No terceiro dia de trabalho na região, abastecimento de água volta ao normal nos municípios afetados por tempestades

Tempestades que provocaram destruição no Meio-Oeste ocorreram entre sexta-feira e o último sábado

Por Oeste Mais

01/06/2021 10h37 - Atualizado em 01/06/2021 10h38



Roupas e cobertores, arrecadados nas campanhas do Agasalho e Cobertor Solidário para encaminhar as famílias atingidas, foram distribuídas (Fotos: Divulgação)

Com trabalhos ininterruptos desde a última sexta-feira, dia 28, as equipes do Governo do Estado que estão no Meio-Oeste seguem atuando para restabelecer serviços importantes nos municípios afetados por um tornado e fortes tempestades.

 

A tarde desta segunda-feira, dia 31, foi marcada pela volta ao normal do abastecimento de água pela Casan e pela solidariedade, com a entrega de agasalhos e cobertores pelo Corpo de Bombeiros Militar.

 

Casan finaliza trabalhos em todos os municípios afetados pela tempestade

 

Todos os municípios prejudicados pelos ventos fortes e integrados ao Sistema Casan estão reabastecidos. Apenas em Rio das Antas, as partes altas do município ainda estão sem abastecimento pleno. A previsão da Companhia é que a situação seja normalizada durante a noite.

 

Corpo de Bombeiros antecipa doações à população atingida

 

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar separaram de forma antecipada nesta segunda-feira, dia 31, roupas e cobertores, arrecadados nas campanhas do Agasalho e Cobertor Solidário para encaminhar as famílias atingidas. Todo o material foi entregue na Secretaria de Assistência Social de Campos Novos para a distribuição.

 

"Essas entregas estavam previstas para ocorrer na metade do mês de junho, porém, foram antecipadas em decorrência do tornado que assolou a cidade. Então, com a necessidade de doações de itens de assistência humanitária, a gente resolveu antecipar essas doações. Os cobertores eram um dos itens bastante requisitados pelas famílias afetadas e pudemos contribuir em boa hora para ajudar a população afetada", enaltece o 1º tenente BM, Francisco Clemente Filho, comandante do pelotão do Corpo de Bombeiros Militar de Campos Novos. Foram entregues 23 cobertores, um colchão e mais de 600 quilos em roupas masculinas, femininas, infantis e calçados.

 

Em resposta ao desastre, o Corpo de Bombeiros também atuou no atendimento a mais de 60 ocorrências de destelhamentos, com orientações e fornecimento de lonas para a população afetada. As equipes também atuaram imediatamente na desobstrução de vias públicas e cortes de árvores.

Defesa Civil distribuiu telhas e cestas básicas (Foto: Divulgação)

Celesc orienta uso racionado da energia

 

Também nesta segunda-feira, as equipes de eletricistas da Celesc e da empresa responsável pela rede de transmissão de energia, cujas torres de 230kV foram atingidas pelo tornado, entraram no terceiro dia de trabalho ininterrupto para recuperar a rede elétrica. Até o momento, a energia foi restabelecida a cerca de 35% dos atingidos.

 

Desde domingo, dia 30, a Celesc tem feito um esquema de rodízio no fornecimento de energia elétrica nas cidades em que foi possível o atendimento por redes de outras subestações, como Macieira, Salto Veloso, Arroio Trinta, Iomerê, Videira, Pinheiro Preto e Rio das Antas. Na noite de domingo, a Celesc energizou a região de Campos Novos (atingida em cheio pelo tornado), além de parte da cidade de Fraiburgo, por meio de uma rede proveniente de Campos Novos.

 

Nos demais municípios como Caçador, Calmon, Timbó Grande e Matos Costa não existem condições técnicas de energização por outros alimentadores. A população dessas cidades deve aguardar a recuperação das torres de transmissão.

 

A partir da energização das linhas que partem da subestação Videira Rede Básica para as subestações da Celesc, inicia-se o plano de reenergização dos transformadores e redes de distribuição para os municípios de forma gradativa. A Celesc irá começar esse trabalho pela Subestação Caçador.

 

Logo após o ocorrido, a primeira providência das equipes da Celesc foi percorrer os hospitais e postos de saúde para auxiliar no funcionamento de geradores, inclusive fornecendo óleo diesel. O auxílio à população será mantido, até que o sistema esteja completamente restabelecido.

 

Defesa Civil distribui telhas e cestas básicas

 

As equipes da Defesa Civil seguem trabalhando na região. Já foram disponibilizados para o município de Campos Novos 1.783 telhas de fibrocimento, 222 cumeeiras, 26 cestas básicas para sete dias, 22 fardos de água potável, 50 colchões de solteiro e 50 kits de acomodação para solteiro. Ainda no sábado, colchões e kits de acomodação foram entregues para as famílias mais atingidas.

 

Na região, foram entregues cerca de dois mil metros de lona para cobrir as residências destelhadas pela força do vento e pelo granizo.

 

Tempestade e tornado no Meio-Oeste

 

As tempestades que provocaram destruição no Meio-Oeste ocorreram entre sexta-feira, dia 28, e o último sábado, dia 29. O município mais prejudicado foi Campos Novos, onde a Defesa Civil confirmou a passagem de um tornado.

 

A velocidade do vento chegou a 123 quilômetros por hora, causando destelhamentos de residências, queda de postes e de estruturas metálicas, além de tombamento de veículos. Em outros municípios da região também foram registrados fortes ventos, granizo e raios.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.