Paulo Gustavo morre aos 42 anos após quase dois meses internado com Covid-19

Criador da personagem Dona Hermínia, de ‘Minha mãe é uma peça’ o ator e humorista estava internado desde 13 de março

Por Oeste Mais

04/05/2021 22h23



Paulo Gustavo, em foto de novembro de 2016 (Foto: Daniela Ramiro/Estadão Conteúdo/Arquivo)

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira, dia 4, aos 42 anos, de complicações da Covid-19. O óbito foi constatado às 21h12. Um boletim médico divulgado horas antes pelo Hospital Copa Star indicava que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha sinais vitais.

 

Nos últimos dias, Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagiu com médicos e o marido, Thales Bretas. A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo, dia 2, quando sofreu uma embolia pulmonar.

 

Criador da personagem Dona Hermínia, de ‘Minha mãe é uma peça’ Paulo Gustavo estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O ator nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

 

Em 22 de março o ator precisou ser intubado “para ser tratado de forma mais segura”, segundo informou a assessoria dele. Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde 2015. Após um processo de barriga de aluguel feito nos Estados Unidos, eles se tornaram pais de Romeu e Gael, de um ano de idade.

Paulo Gustavo caracterizado de Dona Hermínia (Foto: Globo/Victor Pollak)

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.