Casan de Ponte Serrada não descarta racionamento de água e pede consumo consciente

Estiagem deixa nível crítico de água em estação de tratamento no interior do município

Por Oeste Mais

03/05/2021 10h01 - Atualizado em 03/05/2021 11h37



Estação de tratamento no interior de Ponte Serrada está em nível crítico (Foto: Divulgação)

A severidade da seca que atinge especialmente o Oeste de Santa Catarina preocupa a Casan quanto à distribuição de água tratada para a população. A unidade de Ponte Serrada teme a necessidade de racionamento dentro dos próximos dias se a estiagem seguir persistindo.

 

A Casan pede que todos usem somente a quantidade essencial de água. “A situação está crítica, estamos passando a pior estiagem de toda história”, alerta Fabiano Padilha, um dos funcionários da agência no município. “Em meus 21 anos de Casan, não vi algo semelhante na nossa cidade”, revela.

 

A orientação é que as pessoas evitem lavar carros, calçadas, casas e ruas, usando água apenas para o essencial. “Vamos aguardar até quinta-feira, que há previsão de chuva, porém se não houver aumento no nível da barragem, não há outra alternativa a não ser o racionamento e rodízio no abastecimento. Precisamos da colaboração de todos.”, diz ainda Fabiano.

 

Segundo o mais recente Boletim Hidrometeorológico Integrado do Estado, divulgado no dia 23 de abril pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), por meio da Secretaria Executiva do Meio Ambiente (Sema), dos 295 municípios catarinenses, 168 estavam em estado de normalidade, 93 de atenção, 10 de alerta e 11 em situação crítica frente à estiagem.

 

O Boletim Hidrometeorológico Integrado é um estudo quinzenal, coordenado pela SDE por meio da Sema, juntamente com a Defesa Civil de Santa Catarina, Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc) e outras agências reguladoras do Estado. O documento tem o objetivo de monitorar e divulgar a situação hídrica no Estado e traz informações atualizadas.

 

Recomendações

 

● Evite banhos demorados;

● Mantenha a torneira fechada ao fazer a barba e ao escovar os dentes;

● Antes de lavar os pratos e panelas, limpe bem os restos de comida e jogue-os no lixo;

● Deixe a louça de molho na pia com água e detergente por uns minutos e ensaboe. Repita o processo e enxágue;

● Adote o hábito de usar a vassoura e não a mangueira para limpar a calçada e o quintal de sua casa;

● Não lave o carro durante a estiagem. Caso precise, use balde e pano para lavar o carro em vez de mangueira;

● Use regador para molhar as plantas no lugar de mangueira;

● Utilize a máquina de lavar somente quando estiver na capacidade total;

● No tanque, feche a torneira enquanto ensaboa e esfrega a roupa;

● Mantenha a válvula de descarga regulada, e conserte imediatamente vazamentos.

 

Atividades com maior desperdício

 

● Torneira gotejando: 40 litros diários;

● Torneira aberta durante 5 minutos: 80 litros diários;

● Banho de 15 minutos: 243 litros;

● Lavar a calçada com mangueira por 15 minutos: 279 litros.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.