O Boticário volta a produzir perfume fora de linha para mãe sentir cheiro do filho que morreu em decorrência da Covid-19

Fundador da empresa escreveu uma carta para Wanda onde revela que a fragrância em questão foi uma homenagem para sua filha

Por Oeste Mais

26/04/2021 16h11 - Atualizado em 26/04/2021 16h30





A empresa de cosméticos e perfumes O Boticário recebeu um apelo pelas redes sociais para que voltasse a produzir um perfume que havia saído de linha.  O fundador da empresa, Miguel Krigsner, recriou a fragrância do perfume Annete, que já estava fora de catálogo após tomar conhecimento da história de Wanda, que perdeu o filho para a Covid-19.

 

Karyne Leão, compartilhou nos comentários de uma publicação da marca a história de dona Wanda, que perdeu o filho Alexandre Terra, no dia 4 de março, devido a complicações da Covid-19. Alexandre era casado e era pai de uma menina de 15 anos.

 

Na publicação, Karyne conta que, ao ver dona Wanda abraçada com um vidro de perfume vazio, se comoveu com a situação. Decidida a comprar algumas unidades novas, Karyne percebeu que o perfume havia saído de linha, então resolveu fazer o pedido à marca.

 

"É um apelo, volte a fabricar esse perfume, nem que seja uma edição limitada, preciso comprar o perfume para essa mãe sentir o seu filho amado um pouco mais perto", relata Karyne.

 

Dando continuidade ao comentário, a cunhada de Alexandre, relata sobre o encontro que teve em dona Wanda:

 

"Fui lá na casa dela com uma missão que partiu o meu coração: levar os pertences do meu cunhado Alexandre Terra, que morreu dia 4 de março de covid-19, deixando minha irmã viúva e minha sobrinha de 15 anos órfã de pai. Ao chegar em sua casa amarela, florida, cheirosa, vi dona Wanda muito triste. Chorava segurando um vidro de perfume do O Boticário e esse vidro tinha menos que um dedinho de perfume... aquela cena mexeu comigo profundamente, pois é claro que a dor da partida do seu filho havia destroçado dona Wanda, é visível, aquele perfume era o tesouro pra ela. Perguntei a ela e me respondeu quase sem conseguir falar: 'Esse perfume era o favorito do meu filho, eu só usava quando ele vinha me visitar, ele dizia que esse perfume tinha cheiro de mãe'. Ela abraçou o vidro e eu não contive as lágrimas."

 

Após o pedido, Wanda teve uma surpresa: o fundador da marca, Miguel Krigsner, enviou uma carta para ela e contou que, com o apoio da equipe, algumas unidades da fragrância foram produzidas. Miguel ainda contou que o perfume Anette, foi criado em comemoração ao nascimento da filha.

 

Os perfumes devem chegar até a residência de dona Wanda nos próximos dias.

Dona Wanda e seu filho (Foto: Reprodução Redes Sociais)

Com informações do Correio Braziliense


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.