Ponte Serrada se prepara para instalar 20 câmeras de videomonitoramento, informa prefeito

Prefeito Alceu Wrubel acredita que equipamentos estejam em operação até o meio do ano

Por Jhonatan Coppini

07/04/2021 09h53 - Atualizado em 07/04/2021 09h53



A instalação de 20 pontos com câmeras de videomonitoramento deve acontecer dentro dos próximos meses no município de Ponte Serrada. A informação foi confirmada ao Oeste Mais pelo prefeito Alceu Wrubel (Tibe). Nesta quarta-feira, dia 7, o município deve alinhar os trâmites da licitação para a compra dos postes onde serão fixados os equipamentos.

 

Os pontos (veja na imagem mais abaixo) foram definidos em conjunto com a Polícia Militar e ficam em locais estratégicos do município. Algumas câmeras ficarão nas saídas da cidade para comunidades do interior. Outras serão instaladas na área central, além de uma distribuição equilibrada em vários bairros do município.

 

Após o lançamento da licitação e compra dos postes, a administração municipal fará a energização e instalação de internet em cada estrutura, procedimentos necessários para a operação das câmeras. A Polícia Militar ficará responsável pelo monitoramento das imagens. “Vai trazer mais segurança, vai inibir o vandalismo”, avalia o prefeito.

Pontos onde serão instaladas as 20 câmeras (Foto: Divulgação)

Sobre os recursos que serão investidos no sistema, Tibe salienta que a verba é proveniente do próprio município. Além de recursos do Executivo, o Legislativo deve destinar parte do duodécimo para auxiliar no custeio dos equipamentos, informou o presidente da Câmara de Vereadores de Ponte Serrada, Andreley Habech, na sessão desta semana.

 

“A aquisição desses postes ocorrendo no mês de abril, já vamos fazer a colocação. Também já encaminhamos à empresa que faz a iluminação pública do município, um croqui para a instalação da energia elétrica. Após isso, será solicitado que todos esses pontos tenham o sinal de internet”, explica Tibe, que num cenário otimista, acredita na operação do sistema até o meio do ano.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.