Leilão virtual comercializa 264 animais em SC

Evento 100% online ofertou bovinos de alta qualidade

Por Oeste Mais

01/04/2021 14h24



O primeiro Leilão Virtual de bovinos promovido, na última semana, pelo Sindicato do Produtor Rural de Major Vieira, com apoio do Sistema Faesc/Senar, foi um sucesso. Ao todo, foram comercializadas 264 cabeças de gado, totalizando um valor de R$ 988.320,00 com preço médio de R$ 13,24 por kg/vivo.

 

O presidente do Sindicato do Produtor Rural do município e vice-presidente de Secretaria da Federação da Agricultura e Pecuária de Santa Catarina (Faesc), João Francisco de Mattos, ressalta que foram vendidos animais de 38 lotes de nove produtores atendidos pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar nos municípios de Major Vieira, Canoinhas, Monte Castelo, Bela Vista do Toldo e Timbó Grande.

 

O objetivo, segundo ele, foi remunerar melhor o produtor, valorizar a qualidade do produto, criar uma nova avenida para a comercialização dessa produção, além de demonstrar a importância da assistência técnica e gerencial promovida pelo ATeG nas propriedades.

 

O formato virtual representa uma maneira de assegurar o comércio dos animais sem gerar aglomerações  e poderá ser realizado por outros sindicatos por meio do ATeG.

 

"Os leilões virtuais têm uma dimensão muito grande, com leque maior de compradores. É uma oportunidade para os pecuaristas ampliarem a divulgação e assegurarem melhor a venda desses animais das melhores raças europeias que se destacam pela alta qualidade genética, sanitária e nutricional", observa Mattos.  

 

O médico veterinário e técnico de campo da ATeG em Major Vieira, Valdecir Olegini, detalha que os produtores ofertaram terneiros e terneiras recém desmamados, bovinos de engorda e novilhas das raças Charolês, Angus, Aberdeen-Angus, Brangus, Brahman, Hereford e Tabapuã. "São animais de alta qualidade e desempenho reprodutivo considerados nobres na pecuária de corte e voltados para exportação. A inseminação artificial orientada pelo programa ATeG melhorou muito a qualidade destes rebanhos e é um dos destaques do leilão".

 

A Assistência Técnica e Gerencial atende atualmente 30 produtores da região e é desenvolvida pelo Senar no município há quatro anos. Segundo o médico veterinário, o programa contribuiu para o aumento anual de 15% da produção e da renda das famílias atendidas no período. 


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.