Família raspa cabelo em solidariedade a adolescente com câncer

Laura Paula luta contra a leucemia e precisa de doação de sangue e plaquetas

Por Oeste Mais

23/02/2021 15h41 - Atualizado em 23/02/2021 15h56



Laura Paula está em tratamento desde junho de 2019 (Foto: Arquivo pessoal)

A família da jovem Laura Paula, de 14 anos - que sofre com câncer - fez um gesto de solidariedade raspando a cabeça para apoiar a adolescente nessa difícil fase que ela está enfrentando.

 

O ato de carinho ocorreu há alguns dias e Marivane Dave, mãe de Laura, fez questão de agradecer pela atitude em uma rede social.

 

"A Laura ficou bem emocionada. A semana estava difícil, aí fomos surpreendidas com essa atitude de amor", comentou.

 

Laura sofre com Leucemia Mielóide Aguda e está em tratamento desde junho de 2019, data em que descobriu a doença. 

 

Pedido de orações e doação

 

Laura ainda necessita de doação de sangue e plaquetas para poder se curar da doença. Por isso, é importante que a comunidade continue indo até o hemocentro mais próximo para se cadastrar como doador de medula óssea. 

 

Além disso, a família pede por orações para que Laura consiga vencer o câncer e deixe o hospital.

 

Tire suas dúvidas sobre o transplante

 

● A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação de 24 horas;

● A medula é retirada do interior de ossos da bacia, por meio de punções e não dói;

● O procedimento leva em torno de 90 minutos;

● A medula óssea do doador se recompõe em apenas 15 dias;

● Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples;

● Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira semana após a doação;

● A doação de medula óssea pode ser feita por qualquer pessoa saudável entre os 18 e 65 anos.

Família raspou a cabeça para apoiar a jovem (Foto: Arquivo pessoal)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.