Agências da Casan do interior de Santa Catarina começam a receber retroescavadeiras

12 máquinas foram destinadas para Xaxim, Passo de Torres, São Lourenço do Oeste, Taió, Curitibanos, Garopaba, Ibirama, Içara, Ituporanga, Laguna, Mafra e Otacílio Costa

Por Oeste Mais

18/12/2020 15h04 - Atualizado em 18/12/2020 15h04



Foi entregue na manhã desta sexta-feira, dia 18, o primeiro lote de retroescavadeiras às Superintendências Regionais da Casan. Doze máquinas foram distribuídas a Agências do Interior para, como implemento com tecnologia de ponta, auxiliar nos serviços operacionais de instalação e manutenção de redes.

 

Em janeiro, mais 14 máquinas de grande porte serão entregues pela fabricante JCB do Brasil, vencedora do processo licitatório, quando então ficará completo o lote de 26 retroescavadeiras adquiridas nesta primeira etapa. Em outubro, a Companhia já havia feito a entrega de sete mini-escavadeiras.

 

As máquinas entregues hoje são do modelo 3CX, com potência de 92hp, profundidade de escavação de até 5m62cm e capacidade de caçamba de 1,1 m³. As cabines são fechadas e pressurizadas, com condicionador de ar e rádio, ponto considerado importante para a produtividade da operação, em geral de grandes jornadas.

 

Os controles, pedais e alavancas são de 'esforço reduzido', também para a comodidade da operação. À mão do maquinista estão também instaladas tomadas para celular e outros acessórios. E o assento é totalmente ajustável.

 

Planejamento a longo prazo

 

A empresa está investindo R$ 7.390.000,00 nesta primeira etapa de 33 máquinas, mas até 2023 está programada a aquisição de 95 equipamentos, o que representará um investimento total de R$ 28.120.000,00.

 

"Essa quantidade de máquinas, a maior aquisição já feita pela nossa Divisão de Transporte (Ditra), está sendo possível graças à revisão de contratos de serviços e à mudança de formatos de contratação, que vêm gerando economias que permitem compras e locações em número maior", observou a Presidente Roberta Maas dos Anjos, ao entregar as primeiras chaves aos superintendentes no pátio do Almoxarifado Central da Companhia, situado em São José.

 

As 12 máquinas serão destinadas para Curitibanos, Garopaba, Ibirama, Içara, Ituporanga, Laguna, Mafra, Otacílio Costa, Passo de Torres, São Lourenço do Oeste, Taió e Xaxim.




COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.