Casal vargeonense celebra 60 anos de matrimônio nesta quinta-feira

Clementina e Fortunato Berté formaram uma família que, atualmente, possui 53 pessoas

Por Oeste Mais

29/10/2020 07h56 - Atualizado em 29/10/2020 07h56



Fortunato e Clementina Berté se casaram em 1960 (Fotos: Arquivo pessoal)

Nos dias de hoje não é tão comum conhecer casais que perduram um relacionamento por muitos anos. Porém, há casais de décadas que cada dia alimentam ainda mais o amor, tanto um pelo outro, quanto pela família que construíram ao longo do tempo.

 

Fortunato Sperandio Berté, de 80 anos, e Clementina Mazzochi Berté, de 79, proprietários do Sítio Berté, localizado na Linha Santa Catarina, no interior de Vargeão, são a prova de relacionamentos que duram e constroem uma família cada vez mais unida.

 

Nesta quinta-feira, dia 29, Fortunato e Clementina estão completando 60 anos de casado. Mesmo não realizando uma festa para comemorar as Bodas de Diamante por conta da pandemia, o casal está recebendo homenagens e felicitações dos familiares e amigos.

 

Eles relembram que se conheceram no tempo de escola, e com o passar dos anos, por iniciativa de Fortunato, iniciaram um relacionamento. Ele com 20 anos e Clementina, na época, com 19.

Festa para comemorar os 50 anos de casados, em 2010 (Fotos: Arquivo pessoal)

O namoro deu certo. Eram visitas curtas, mas que os deixavam sempre mais apaixonados um pelo outro. Depois de um tempo de compromisso firme, decidiram se casar. Os pais de Clementina aceitaram a decisão, mas pediram para que o casal esperasse mais um tempo, porque a família estava sem dinheiro para comprar as roupas dos noivos.

 

Mesmo com todo esse imprevisto, Clementina e Fortunato lutaram juntos para conseguir se casar e, no dia 29 de outubro de 1960, trocaram alianças e disseram “sim” um ao outro, diante de toda a família.

 

O casamento passou por momentos bons e ruins, como qualquer outro relacionamento, mas ambos permaneceram firmes e fortes, sempre lado a lado, enfrentando juntos todos os problemas e dificuldades.

Comemoração dos 55 anos de casados, em 2015 (Fotos: Arquivo pessoal)

Conforme o casal de idosos, o segredo para ter um relacionamento duradouro “é sempre estar um do lado do outro, nas horas fáceis, difíceis, tendo fé”.

 

E a dica que deixam para os casais de hoje, é para que “sempre tenham respeito um pelo outro, além de ouvir o que o outro tem a dizer”.

 

O casamento de Clementina e Fortunato Berté gerou sete filhos. Destes vieram 15 netos e nove bisnetos. A família Berté, atualmente, é formada por 53 pessoas, entre filhos, netos, bisnetos e genros.




COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.