Senador Jorginho Mello recebe mais alta honraria dada a um civil em Brasília

Parlamentar recebeu a medalha da Ordem do Mérito Aeronáutico em cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro

Por Oeste Mais

23/10/2020 16h54



O senador catarinense Jorginho Mello (PL) recebeu a medalha da Ordem do Mérito Aeronáutico em cerimônia com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em celebração do Dia do Aviador, na Base Aérea de Brasília, na manhã desta sexta-feira, dia 23.

 

A medalha foi concedida a notáveis personalidades brasileiras, militares, ministros e parlamentares, por serviços prestados ao Brasil durante o combate aos impactos causados pela pandemia de Covid-19. A condecoração é a mais alta honraria brasileira que pode ser dada a um civil pela Aeronáutica.

 

Jorginho Mello recebeu a medalha pelos projetos apresentados e aprovados para mitigar os impactos econômicos da pandemia, como por exemplo o Programa Nacional de Apoio as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o Pronampe, de autoria do senador e reconhecido pelo governo federal como o programa mais bem sucedido em salvar empresas durante a paralisação de atividades em todo o país. O programa em pouco menos de quatro meses concedeu mais de R$ 32 bilhões em crédito para mais de 430 mil micro e pequenas empresas em todo o Brasil.

 

"Me sinto muito honrado pelo reconhecimento do presidente Bolsonaro. Tenho certeza que será motivo de orgulho não só para mim, mas como para todo o estado de Santa Catarina, que tenho o privilégio de representar nesta homenagem", afirmou Jorginho Mello.

 

Além do catarinense, receberam também a medalha os ministros Tarcísio Gomes de Freitas, da Infraestrutura e Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional.

Medalha foi concedida a notáveis personalidades brasileiras, militares, ministros e parlamentares, por serviços prestados ao Brasil durante o combate aos impactos causados pela Covid-19 (Foto: Divulgação)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.