Mãe dá à luz trigêmeas no Hospital Regional São Paulo

Desde 2016 o HRSP não registrava o nascimento de trigêmeos na instituição

Por Oeste Mais

18/09/2020 08h35 - Atualizado em 18/09/2020 08h39



Trigêmeas nasceram na última terça-feira (Foto: Divulgação)

Após 33 semanas de gestação, Andreia da Silva Lara deu à luz trigêmeas no Hospital Regional São Paulo (HRSP) de Xanxerê. O parto foi realizado na noite da última terça-feira, dia 15. A mulher é moradora de Mondaí, no Oeste.

 

As três meninas – Marta, Milena e Marielli – nasceram prematuras, mas estão estáveis e seguem em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI Neonatal) do HRSP, informou a assessoria de imprensa do hospital, que não registrava o nascimento de trigêmeos desde 2016.

Andreia, o marido Claudemir Almeida de Lara e as bebês (Foto: Divulgação)

Andréia conta que começou a se sentir mal na última segunda-feira, dia 14, mas foi na consulta do pré-natal, no dia seguinte, que o médico deu a notícia de que ela seria transferida para outra cidade, em razão do risco de um nascimento prematuro das bebês.

 

O destino final da família foi o HRSP, em Xanxerê, pois o hospital contava com os três leitos de UTI Neonatal necessários para dar suporte às meninas. “Foi um susto quando ficamos sabendo que elas nasceriam antes. Tudo aconteceu muito rápido, fui para uma consulta de rotina e acabamos sendo transferidos para o hospital”, conta a mãe.

 

A cesárea foi um sucesso e mãe e filhas passam bem. As bebês nasceram pesando entre 1,450 kg e 1,715 kg, estão estáveis e recebendo todo o cuidado necessário da equipe multiprofissional da UTI Neonatal, onde permanecerão internadas nas próximas semanas. A mamãe teve alta da maternidade nesta quinta-feira.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.