Paróquia em SC celebra missas com fotos de fiéis em igreja e atende católicos por telefone

Igreja em Tubarão se inspirou em religioso italiano e já tem duas mil fotos

Por Oeste Mais

30/03/2020 16h08 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Inspirado em um religioso italiano, um pároco tem conseguido "encher" a catedral de Tubarão, no Sul de Santa Catarina, nas celebrações diárias. Os bancos da igreja estão repletos de fotografias de pelo menos dois mil fiéis.

 

Além de ter as imagens dentro da igreja, os católicos participam da missa de forma online. Conversas com especialistas também estão sendo transmitidas e a paróquia Nossa Senhora da Piedade oferece ainda atendimento por telefone.

 

"Tenho passado por cada banco memorizado cada foto, cada pessoa, cada expressão facial. Fico pensando e rezando: 'Quantas histórias, necessidades, realidades que desconhecemos atrás destas fotos. Confiamos cada uma destas pessoas a Ti, Senhor. Visita seus lares, afaga cada coração. Tranquiliza os pensamentos e sentimentos'. Após passar a quarentena, solicitamos aos fiéis que venham à Catedral buscar suas fotos e façam uma oração a Deus", diz o pároco Eduardo Rocha.

 

Segundo ele, a ideia surgiu em 22 de março, quando foi feita a primeira missa com a catedral totalmente vazia. Entretanto, para ele e o vigário da paróquia, o padre Willian Fernandes de Jesus, foi difícil celebrar sem ninguém na igreja. A inspiração que veio da Itália tem sido reproduzida também por padres de outros estados brasileiros.

Além de celebrar missas com fotos, paróquia de SC oferece atendimento telefônico (Foto: Divulgação)

Atendimento por telefone

 

As fotos começaram a ser colocadas na última terça-feira, dia 24, e vem de todas as partes, não somente dos antigos frequentadores da catedral de Tubarão. Duas linhas telefônicas também foram disponibilizadas para assistência espiritual e emocional.

 

"As pessoas estão com medo, angustiadas. Não estão acostumadas a ficarem em casa tanto tempo e tão próximas. Surgem conflitos, discussões. Nossos paroquianos têm ligado, desabafado, pedido conselhos, bênçãos. Algumas pessoas querem apenas rezar uma Ave-Maria ou um Pai-Nosso conosco. Querem ouvir a voz do padre, sentem-se mais seguras. Temos feito este serviço todos os dias, é emocionante", afirma.

 

A paróquia, a exemplo de outras pelo país e também como diversos grupos religiosos, tem organizado campanhas com donativos a famílias carentes da região e disponibilizado voluntários para auxiliar os idosos que precisam ficar em casa.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.