Família de Xanxerê cria 'Vakinha' online para custear tratamento do filho de três meses

Menino Erick sofre com Leucemia Juvenil Mielodisplasia e Síndrome de Nooan

Por Oeste Mais

05/03/2020 13h16 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Erick sofre com Leucemia Juvenil Mielodisplasia e Síndrome de Nooan (Foto: Arquivo pessoal)

Uma família de Xanxerê criou uma Vakinha Online para ajudar nos custos do tratamento do filho Erick de Vargas, de apenas três meses. A criança foi diagnosticada com Síndrome de Nooan, a qual causou uma cardiopatia congênita, tipo estenose pulmonar valvular, precisando com isso passar por um cateterismo com urgência em Florianópolis.

 

Além deste problema, o pequeno Erick também foi diagnosticado com Leucemia Juvenil Mielodisplasia, uma doença rara e agressiva, precisando ser encaminhado ao hospital do câncer de Barretos (SP), para avaliação.

 

Devido ao procedimento cardíaco de urgência e aos demais gastos com exames e deslocamentos, os pais do menino pedem a colaboração dos amigos e comunidade para ajudar com o tratamento dele.

 

“Desde já agradeço a compreensão e colaboração de todos. Deus abençoe os senhores e suas famílias”, disse a família.



As formas de ajudar o menino são através da Vakinha do Erick ou através de depósitos de qualquer valor nas seguintes contas:

 

Erick de Vargas

Banco do Brasil

Conta Poupança: 47104-6

Agência: 0586-X

CPF: 153.536.559-58

 

Ana Rosa Cella de Vargas

Banco Sicredi

Agência: 0221

Conta Corrente: 31205-3

CPF: 066.799.219-70


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.