Morre Beethoven, um dos mais atuantes cães da Polícia Militar de SC

Cão foi vítima de uma doença chamada Babesiose, popularmente conhecida por “doença do carrapato”

Por Oeste Mais

29/01/2020 16h57 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Seis anos de convivência e muito trabalho com seu parceiro Cabo Vinícius, da PMSC (Foto: PM)

A Polícia Militar de Santa Catarina perdeu nesta segunda-feira, dia 27, um de seus mais valorosos membros ativos – o cão Beethoven, integrante há seis anos do Canil da PMSC.

 

Vítima de uma doença chamada Babesiose, popularmente conhecida por “doença do carrapato”, Beethoven deve ter sido atacado numa de suas últimas missões, quando encontrou a arma usada por assaltantes à uma loja. Logo após a tentativa de assalto, no último dia 16 de janeiro, dois elementos tentaram fugir e um deles embrenhou-se num matagal nos fundos da loja, onde tentou esconder sua arma.

No fim de dezembro último, o cão localizou drogas, armas e balança de precisão em mais uma missão bem sucedida (Foto: PM)

Beethoven foi atrás, conseguiu localizar a arma e é bem possível que tenha contraído ali o carrapato infectado pois, poucas horas depois, começou a apresentar sintomas da doença. Foi tudo tão rápido que praticamente nada pode ser feito.

 

Ainda filhote, Beethoven chegou ao canil da Polícia Militar de Santa Catarina onde seria treinado para ser um K9. Esse apelido é usado frequentemente pelas Polícias dos países de língua inglesa, onde a pronúncia de K9 é “Ka+Nine” - semelhante a “canino”.

 

Participou de inúmeras missões, demonstrando incrível coragem e capacidade de faro, encontrando drogas, armas e contribuindo para que a PM pudesse desenvolver com brilhantismo suas missões.

Com informações do NSC Total


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.