Cachorro com deficiência abandonado duas vezes tem 20 interessados na adoção

Tintim foi abandonado pela antiga tutora, na última quinta-feira, em Porto Alegre

Por Oeste Mais

07/01/2020 09h02 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Cão com deficiência é abandonado duas vezes no mesmo dia (Foto: Divulgação)

Pelo menos 20 pessoas demonstraram interesse em adotar Tintim, o cachorro com deficiência nas patas dianteiras abandonado duas vezes no mesmo dia em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

Nesta segunda-feira, dia 6, a Secretaria de Proteção Animal (Sempa) agendou entrevistas com possíveis adotantes até a sexta-feira, dia 10.

 

A Sempa não tem pressa em encontrar um novo lar para o cão. Para que Tintim não corra o risco do abandono pela terceira vez, o secretário Anderson Ribeiro decidiu aplicar um questionário para distinguir quem deseja e tem condições de adotar o animal de quem apenas se comoveu com a repercussão do caso.

 

A Sempa deve investigar se existem animais de rua ou comunitários onde a família adotante mora, se tem mais animais na casa, qual o temperamento e o porte deles, se são adotados, entre outras questões.

 

Nas redes sociais, no perfil da ONG Ampara Animal, a atriz e humorista Tatá Werneck também demonstrou interesse em adotar o cachorro.

Momento em que o cão é abandonado pela tutora (Foto: Divulgação)

O caso

 

Tintim não tem raça definida e possui deficiência nas duas patas dianteiras foi abandonado duas vezes na última quinta-feira, dia 2. Conforme as informações divulgadas pela Prefeitura de São Leopoldo, através de sua página no Facebook, Timtim foi entregue à Secretaria de Proteção Animal, no mesmo dia 2 de janeiro, por um homem que afirmou ter o encontrado na rua em frente ao trabalho. Como o animal estava com coleira e em bom estado de saúde, os profissionais da Secretaria acreditaram que ele tivesse se perdido.

 

Após denúncias e imagens obtidas em câmeras, pode-se constatar que Timtim foi abandonado por duas vezes no mesmo dia, pelo casal de tutores. Por uma briga, a esposa abandonou o cachorro em frente à empresa onde o marido trabalha. Ao encontrar Timtim, o marido usou o veículo da empresa para levá-lo até a Secretaria de Proteção Animal, onde não informou ser o responsável pelo cachorro.

Tatá Werneck também demonstrou interesse em adotar o cachorro em rede social (Foto: Reprodução/Instagram)

Em um dos vídeos, divulgado nas redes sociais, é possível observar o momento do primeiro abandono. Um veículo branco é estacionado e uma mulher, que estava dirigindo, desembarca e abre a porta de trás do carro. Timtim, junto a um outro cachorro, descem do carro. Ela coloca o outro animal para dentro do veículo, mas impede que Timtim embarque também. Ela chega a empurrar o cachorro, que tenta seguir o veículo e fica visivelmente assustado com a situação.

 

De acordo com o titular da Secretaria, Anderson Ribeiro, os responsáveis foram identificados e o caso foi registrado na Polícia Civil através de Boletim de Ocorrência online. A pena prevista para quem comete maus-tratos contra animais, conforme a Lei de Crimes Ambientais, é de três meses a um ano de detenção, além de multa.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.