Corpo da segunda vítima do acidente que matou quatro haitianos é sepultado em Concórdia

Corpos de mãe e filha, de 43 e 11 anos, permanecem no IML aguardando para serem enterrados

Por Oeste Mais

26/12/2019 17h11 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Acidente em Pinhalzinho matou quatro pessoas na BR-282 (Fotos: Samu)

O corpo de Fedenel Polycarpe, de 30 anos, uma das vítimas fatais do trágico acidente que matou quatro imigrantes haitianos, na BR 282, em Pinhalzinho, foi sepultado nesta semana, em Concórdia.

 

O enterro aconteceu no Cemitério Parque Concórdia, em um jazigo disponibilizado pela Administração Municipal. Com isso, já são duas vítimas sepultadas. A primeira foi a jovem Berchela Succes, de 22 anos. Ainda aguardam a liberação de documentação, os corpos de Viergenie Dorcely, de 43, e Widjinie Saint Louis, de 11 anos.

 

Já o adolescente de 16 anos, único sobrevivente, permanece internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional Oeste, em Chapecó. 

 

Por serem imigrantes haitianos, algumas das vítimas estavam há pouco tempo no país e sem nenhum parente de primeiro grau para o reconhecimento dos corpos, e isso, dificultou a junção da documentação e recursos para os funerais.



Com informações da Rádio Aliança


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.