Mais de 300 casas são danificadas por chuva de granizo em Chapecó, estima Defesa Civil

Órgão atua no apoio às famílias atingidas e ainda contabiliza os danos

Por Redação Oeste Mais

22/06/2022 07h51 - Atualizado em 22/06/2022 09h07



Moradores mostram dimensão das pedras (Foto: Redes Sociais)

Uma intensa chuva de granizo atingiu o município de Chapecó na noite desta terça-feira, dia 21. Os locais mais afetados foram o distrito de Marechal Bormann, linhas Serrinha e Almeida, informou a Defesa Civil em um levantamento preliminar. O órgão seguiu realizando ações ao longo de toda a madrugada

 

“O trabalho foi intenso da Defesa Civil, a comunidade mesmo organizou-se. Acredita-se que mais de 300 residências tenham sido atingidas com essa chuva de pedra, granizo seco e aí depois veio a chuva, molhando os móveis dessas residências”, disse Luciano Huning, coordenador municipal da Defesa Civil de Chapecó.

 

No distrito de Marechal Bormann foi atingida inclusive a escola da comunidade, o que levou a instituição de ensino a suspender as aulas nesta quarta-feira, dia 22, até que os consertos sejam realizados.

Telhados ficaram destruídos em Chapecó (Foto: Reprodução/Rádio Oeste Capital)

Outros municípios da região também foram atingidos por granizo. Um deles foi Vargeão. Moradores registraram em fotos o momento da chuva. A coordenadoria regional da Defesa Civil de Xanxerê, responsável pelo apoio a dezenas de municípios, informou que não houve danos na região, apenas uma queda de árvore em Xanxerê.

 

A Defesa Civil emitiu às 7h45 da manhã de hoje um alerta para o risco de novos temporais nas próximas duas horas na região Oeste. O risco é de raios, rajadas de vento e chuva de granizo.

Chuva de granizo foi registrada em Vargeão (Foto: Oeste Mais)

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.