Governo federal repassa quase R$ 5 milhões em recursos para 33 cidades brasileiras atingidas por desastres naturais

Do total, 26 cidades que receberão os repasses estão na região Sul do país

Por Redação Oeste Mais

14/04/2022 17h14 - Atualizado em 14/04/2022 17h15



O governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai repassar R$ 4,98 milhões a 33 cidades brasileiras atingidas por desastres naturais. As portarias que autorizam os recursos foram publicadas na edição do Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, dia 13.

 

Das 33 cidades, 26 estão na Região Sul do país e enfrentam os efeitos da estiagem, conforme listado abaixo.

 

No Rio Grande do Sul vão receber os recursos as cidades de Ametista do Sul (R$ 404,7 mil), Barros Cassal (R$ 60 mil), Catuípe (R$ 414,9 mil), David Canabarro (R$ 527,6 mi, Dom Feliciano (R$ 486,2 mil), Encruzilhada do Sul (R$ 45 mil), Garruchos (R$ 155,3 mil e R$ 9,6 mil), Itaqui (R$ 163,2 mil), Lagoa Vermelha (R$ 28,6 mil), Marcelino Ramos (R$ 20 mil), Novo Machado (R$ 68,7 mil), Pântano Grande (R$ 308,7 mil), Santa Cruz do Sul (R$ 49,4 mil), São Pedro do Butiá (R$ 251,9 mil), Tapera (R$ 92,9 mil), Tenente Portela (R$ 125,2 mil) e Vista Alegre (R$ 44,6 mil).

 

Ainda na região Sul, também receberão repasses para ações de Defesa Civil as cidades de Campina da Lagoa (R$ 55,6 mil), Marquinho (R$ 60 mil), Roncador (R$ 44,4 mil) e Umuarama (R$ 656,7 mil), no Paraná.

 

Já em Santa Catarina, os municípios contemplados são Campo Belo do Sul (R$ 131,9 mil), Campo Erê (R$ 35,9 mil e R$ 111,8 mil), Faxinal dos Guedes (R$ 40 mil), Paial (R$ 27,4 mil) e Serra Alta (R$ 60 mil).

 

Os recursos federais serão utilizados na compra de cestas básicas, combustível, cisternas, reservatórios de água e locação de carros-pipa.

 

Outros sete municípios afetados por chuvas intensas também receberão recursos federais. Em Mato Grosso, a cidade de Gaúcha do Norte contará com R$ 196,5 mil e Luciara, com R$ 297,7 mil, destinados à compra de kits de alimentação e higiene pessoal, cobertores e colchões.

 

No estado de Minas Gerais, a cidade de Arinos vai receber R$ 41,2 mil para a construção de alas e recuperação de aterro de bueiro. Já Leme do Prado terá acesso a R$ 126,6 mil para restabelecimento de tráfego e construção de muro de contenção.

 

Na Bahia, o município de Ibicaraí vai contar com R$ 87,3 mil para restabelecimento de adutora, enquanto Ubaíra vai receber R$ 80,7 mil para recuperação de pavimentação em paralelepípedo. Finalmente, Embu das Artes, em São Paulo, terá acesso a R$ 845,2 mil para a compra de cestas básicas, kits de limpeza e higiene, colchões e cobertores.

 

Solictação de recursos

 

Os municípios que necessitam de recursos podem fazer a solicitação através do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados.

 

Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.