Uso abusivo de bebida alcoólica teve aumento maior entre mulheres do que homens

Entre 2006 e 2018, número de mulheres que fazem uso abusivo de álcool subiu de 7,7% para 11%

25/07/2019 15:25



O consumo abusivo de álcool entre as mulheres aumentou de 7,7% para 11% nos últimos 13 anos, uma variação maior do que a registrada entre os homens no mesmo período. Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), de 2018, divulgada nesta quinta-feira, dia 25.

 

Apesar de o aumento maior ter sido registrado entre as mulheres, os homens são ainda o grupo com maior incidência do consumo excessivo de álcool. Em 2018, 26% deles disseram que fizeram uso abusivo de bebidas, contra 24,8% em 2006.

 

A pesquisa considera como uso abusivo de álcool a ingestão de quatro ou mais doses entre as mulheres e cinco ou mais doses de bebidas alcoólicas entre os homens, em uma mesma ocasião, nos últimos 30 dias.

 

Consumo entre jovens e adultos

 

O levantamento do Ministério da Saúde identificou que entre os homens, o uso abusivo se concentra na faixa etária de 25 a 34 anos, onde mais de um terço (34,2%) dos participantes afirmaram terem consumi bebidas em excesso.

 

Já entre as mulheres, a maior incidência (18%) está nas mais jovens, entre 18 e 24 anos. Entre a população com mais de 65 anos, 7,2% dos homens e 2% das mulheres se enquadram nessa situação.

 

Do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.