Menina de cinco anos é morta a facadas em porta de escola

Suspeito, que usava tornozeleira eletrônica, alega que cometeu o crime a mando de uma entidade

Por Oeste Mais

30/10/2019 11:31 - Atualizado em 30/10/2019 11:58



Menina foi morta a facadas (Foto: TV Globo)

Uma criança de cinco anos foi brutalmente assassinada com facadas na porta de uma escola, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na manhã desta quarta-feira, dia 30. De acordo com a Polícia Militar, Moabe Edon Pinto Nogueira Souto, de 25 anos, foi preso como suspeito.

 

Aos militares, ele disse que cometeu o crime a mando de uma entidade. Ele teria ouvido uma voz ordenando o assassinato. Moabe usava tornozeleira eletrônica.

 

Ainda segundo a polícia, a menina Ieda Izabel Manoel Peres estava acompanhada de outra criança e da babá, que tentou defendê-las. O assassinato foi ao lado do Colégio Neuza Dutra, no Bairro Vila Cristina. Elas seguiam para o Centro Infantil Municipal Silvina Júlia de Carvalho, onde a vítima estudava, quando foram atacadas na Rua Perdões.

Moabe é suspeito de ter matado criança de cinco anos em Betim, na Grande BH (Foto: Reprodução)

Vizinhos contaram que populares tentaram linchar o homem antes de ele ser preso. De acordo com o boletim de ocorrência, quando os policiais chegaram ao local, Moabe estava ferido. Ele foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Teresópolis com lesões leves.

 

Dentro da viatura, ele disse aos policiais que surtou e que estava fazendo um pacto com o diabo. Na UPA, o homem afirmou que havia passado a noite fumando crack. Depois de ser atendido por um médico, Moabe foi preso e conduzido a um batalhão da PM.

Com informações do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.