Sobe para 91 o número de mortos devido às chuvas em Pernambuco

Há 26 pessoas desaparecidas no estado e buscas chegaram ao terceiro dia

Por Redação Oeste Mais

30/05/2022 13h41 - Atualizado em 30/05/2022 13h41



IML recolhe corpo de pessoa soterrada por barreira em Jardim Monte Verde (Foto: Mhatteus Sampaio/TV Globo)

O número de mortos no Grande Recife (PE) chegou a 91 nesta segunda-feira, dia 30, após fortes chuvas atingirem a região. Muitos deslizamentos foram registrados, com moradias inteiras destruídas.

 

A primeira morte foi confirmada na última quarta-feira, dia 25. O governo do estado atualizou para 26 o total de desaparecidos. O número de desabrigados, que era mais de 3,9 mil até o domingo, aumentou para 5 mil nesta segunda, principalmente nos municípios da Região Metropolitana e da Zona da Mata.

 

Nesta segunda-feira, as forças de segurança, Defesa Civil, Exército e órgãos municipais atuam em sete pontos de deslizamento no Grande Recife: Zumbi do Pacheco e Curado IV (Jaboatão dos Guararapes); Areeiro (Camaragibe); Jardim Monte Verde/Ibura, Barro e Guabiraba (Recife) e Paratibe (Paulista).

Presidente Jair Bolsonaro (PL) durante coletiva de imprensa no Recife (Foto: Pedro Alves/g1)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) sobrevoou algumas das áreas mais atingidas na manhã desta segunda-feira. Ele passou cerca de duas horas e meia em Pernambuco. Durante a visita, o presidente disse que seriam repassados valores aos municípios.

 

Estão sendo empregados na operação de buscas 198 bombeiros militares de Pernambuco, 11 bombeiros da Paraíba, 7 de Minas Gerais, 8 do Rio Grande do Norte, 8 policiais militares, 100 guardas municipais e 25 funcionários da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana do Recife (Emlurb); 60 militares do Exército, 22 profissionais da Marinha e 4 policiais civis.

 

Nas buscas, salvamentos e fornecimento de mantimentos para populações de áreas afetadas, estão sendo empregadas embarcações e seis aeronaves, sendo três do Grupamento Tático Aéreo da Secretaria de Defesa Social e três da Polícia Rodoviária Federal.

Com informações do g1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.