Drive-Thru em shopping brasileiro divide opiniões e vira meme

Segundo governo de SP, serviço é considerado irregular, pois acesso à parte interna de shoppings é proibido na fase vermelha da quarentena

Por Oeste Mais

03/07/2020 14h41 - Atualizado em 03/07/2020 14h41




O serviço de drive-thru realizado dentro de um shopping de Botucatu, na mesorregião de Bauru, dividiu opiniões dos consumidores. O serviço que permite o acesso de carro nos corredores do prédio gerou repercussão entre os moradores e nas redes sociais.

 

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado de São Paulo informou que o serviço é considerado irregular. Isso porque a cidade está classificada na fase vermelha do Plano SP, que é a mais restritiva, e autoriza apenas a abertura de serviços essenciais. O Ministério Público está acompanhando o caso.

 

A autônoma Sônia Yuri Kumata contou à TV Tem que ficou sabendo do drive-thru por meio das redes sociais e achou a situação bastante engraçada. Segundo ela, a filha não quis acompanhá-la para não "pagar mico".

 

Outros clientes relataram à TV Tem que não gostaram da mudança e acharam estranho se adaptar ao "novo normal". No entanto, a iniciativa atraiu curiosos e também pessoas que precisavam resolver algumas questões.

 

“Não gostei. Preferia que estivesse do jeito que estava. Eu preciso apenas pagar um boleto ali e tenho que entrar de carro, parar e perguntar para ver se eu posso pagar o boleto”, opinou um cliente.

“Eu, na verdade, estou achando meio estranho, vamos ver se vai dar certo. Por isso que eu vim, mas eu achei bem interessante”, comentou outra moradora.

 

Memes nas redes sociais

 

A entrada de carros nos corredores do shopping de Botucatu, município paulista, gerou repercussão nas redes sociais. Alguns internautas manifestaram suas opiniões e a situação atípica gerou memes. Veja algumas imagens abaixo:







Com informações do G1

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.