Ministério da Saúde republica site oficial do coronavírus sem os dados totais de mortes e histórico

Site entrou em manutenção nesta sexta-feira, dia 5, e ficou 19 horas inativo

Por Oeste Mais

06/06/2020 18h43 - Atualizado em 06/06/2020 18h43


Um dia após ser tirado do ar para uma manutenção não anunciada, o site oficial da covid-19, alimentado com o balanço da pandemia pelo Ministério da Saúde, voltou hoje ao ar depois de passar mais de 19 horas inativo. Mas, a exemplo do que ocorreu ontem com a atualização diária dos dados de diagnósticos, óbitos e curados, deixou de trazer números consolidados sobre a doença e o histórico de sua evolução desde o primeiro caso brasileiro.

 

Agora, o site apresenta apenas os dados incluídos nas últimas 24 horas na base de dados do governo, o que não significa que ocorreram de ontem para hoje.

 

Assim, em vez de noticiar as 35.026 mortes e 645.771 casos oficializados até ontem, o site informa apenas novos casos de recuperados, diagnosticados e óbitos.

 

Site ficou 19 horas inativo (Foto: Reprodução/Site Covid)

Até ser retirado do ar ontem, o site costumava apresentar um balanço detalhado sobre a situação da pandemia de covid-19 no país. Entre os dados que deixaram de ser disponibilizados, estão:

 

▪ curva de casos novos por data de notificação e por semana epidemiológica;

▪ casos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica;

▪ óbitos por data de notificação e por semana epidemiológica;

▪ óbitos acumulados por data de notificação e por semana epidemiológica;

 

Somadas, as informações permitiam compreender as curvas de cada índice ao longo do tempo e o estágio da pandemia no país. Além disso, servem para fomentar pesquisas e decisões ligadas ao tratamento de pacientes, além de permitir análises sobre a eficácia das ações brasileiras.

Com informações do Uol Notícias e G1

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.