Noivos se casam com máscaras em igreja e cerimônia é transmitida pela web

Foi dessa maneira que um casal de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, pode realizar uma cerimônia de casamento durante a pandemia

Por Redação Oeste Mais

08/05/2020 14h16 - Atualizado em 08/05/2020 14h19



Casamento foi feito em São José do Rio Preto durante pandemia de Covid-19 (Fotos: Arquivo Pessoal/John Sonemberg)

O tradicional véu da noiva precisou ser acompanhado por uma máscara. O número de convidados foi drasticamente reduzido. Mas foi dessa maneira que um casal de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, decidiu realizar uma cerimônia de casamento durante a pandemia do coronavírus.

 

O administrador Rafael Gonçalves Abdala e a advogada Débora Emi Yamamoto ouviram a frase "até que a morte os separe" no último sábado, dia 2. A união foi realizada em uma igreja do município e contou com transmissão pela internet para os parentes que não puderam comparecer por causa do distanciamento social.

 

Em entrevista ao G1, o casal afirmou que o namoro durou cinco anos e o pedido de casamento foi feito em setembro do ano passado. Desde então, ambos desejavam que o casamento fosse realizado em 2 de maio.

 

“Estávamos com a data marcada desde setembro do ano passado. Iríamos fazer uma cerimônia e um jantar, mas tivemos que cancelar e avisar os convidados", afirma Rafael.



 

Contudo, o casamento foi remarcado depois de o casal ficar sabendo que o cartório havia retomado o atendimento ao público. Os dois, então, começaram a se reorganizar sabendo que a cerimônia não poderia ter aglomeração e que teriam de usar máscara.

 

“Eu estava bem preocupada com essa ideia. Achei que não iria dar certo. Pensei que a maquiagem estragaria com a máscara, mas foi dando certo e tudo se encaixou”, diz Débora.

 

Rafael conta que as 14 pessoas que participaram da cerimônia, entre parentes, pastor e fotógrafos, usaram máscaras e respeitaram o distanciamento preconizado pelo Ministério da Saúde. Para os que não puderem participar, houve a transmissão on-line.

 

Em São José do Rio Preto, um decreto permite realização de cultos religiosos, desde que obedeça as questões de combate ao coronavírus.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.