Governo confirma André Mendonça no Ministério da Justiça e Alexandre Ramagem no comando da PF

Mendonça era titular da AGU, enquanto Ramagem era diretor da Abin e próximo da família Bolsonaro

Por Oeste Mais

28/04/2020 09h07 - Atualizado em 02/05/2020 13h54


André Luiz Mendonça e Alexandre Ramagem (Foto: Divulgação)

O governo federal anunciou na madrugada desta terça-feira, dia 28, o advogado André Luiz Mendonça, atual titular da Advocacia-Geral da União como novo ministro da Justiça.

 

Também foi confirmado que Alexandre Ramagem, atual diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e próximo da família Bolsonaro, vai ser o diretor-geral da Polícia Federal (PF).

 

As nomeações de Mendonça e Ramagem foram publicadas nesta terça no "Diário Oficial da União", e são assinadas apenas pelo presidente Jair Bolsonaro. Jose Levi Mello do Amaral Júnior foi nomeado para o cargo de Advogado-Geral da União.

 

As vagas no Ministério da Justiça e no comando da Polícia Federal ficaram abertas após a saída do ex-ministro Sergio Moro e do ex-diretor-geral Maurício Valeixo. Moro decidiu deixar o governo depois de Bolsonaro exonerar Valeixo. O ex-ministro alegou que o presidente tenta interferir politicamente na PF – o que Bolsonaro nega.

Com informações do G1

COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.