Ministério da Saúde publica edital do Mais Médicos para formados no exterior

Profissionais devem apresentar documentos na página de inscrição a partir desta terça-feira até a próxima sexta

10/12/2018 11h48 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, dia 10, o edital para selecionar profissionais brasileiros e estrangeiros para as vagas remanescentes do programa Mais Médicos. Podem se inscrever aqueles que têm CRM no Brasil e os que receberam diploma de instituição de ensino superior estrangeira, mesmo sem a revalidação.

 

Para efetuar a inscrição, serão exigidos 17 documentos, entre eles o reconhecimento da instituição de ensino pela representação do país onde os profissionais obtiveram a formação. O primeiro edital, cujas inscrições terminaram na sexta-feira, dia 7, selecionava apenas médicos com registro brasileiro. De acordo com o último balanço da pasta, das 8.517 vagas disponíveis, 8.410 haviam sido preenchidas e 4.322 profissionais já haviam se apresentado aos municípios. O prazo final de apresentação termina sexta-feira, dia 14.

 

O edital publicado nesta segunda deve seguir o seguinte cronograma:

 

11/12 a 14/12: Profissionais formados no exterior entrarão no sistema e encaminharão documentação para validação da inscrição.

 

14/12: Último dia para os profissionais com registro no país inscritos no primeiro edital se apresentarem nos municípios.

 

17/12: Será feito um balanço das vagas disponíveis, o que soma as desistências e as aquelas que não tiveram procura.

 

18 e 19/12: Os profissionais com registro no país terão nova oportunidade para se inscrever no programa e escolher os municípios disponíveis.

 

20 a 22/12: Os médicos brasileiros formados no exterior e sem registro no país que tenham a inscrição previamente validada poderão escolher os municípios remanescentes.

 

26 a 28/12: Os estrangeiros formados no exterior e sem registro no país, que tenham a inscrição previamente validada, poderão escolher as vagas remanescentes.

Do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.