Buscas continuam após deslizamento provocar pelo menos dez mortes no Rio de Janeiro

Onze vítimas foram resgatadas com vida após tragédia no Morro da Boa Esperança

10/11/2018 21h14 - Atualizado em 14/06/2021 22h01



Deslizamento deixou pelo menos dez mortos no Morro da Esperança em Niterói (Foto: Reprodução/TV Globo)

Dez pessoas morreram após um deslizamento atingir imóveis no Morro da Boa Esperança, em Niterói, Região Metropolitana do Rio, na madrugada deste sábado, dia 10. Até o começo da noite, 11 pessoas tinham sido resgatadas com vida dos escombros. Segundo o Corpo de Bombeiros, havia ainda pelo menos mais quatro desaparecidos e as buscas serão mantidas ao longo da noite.

 

A última morte confirmada foi de um bebê de 11 meses. O número de desaparecidos ainda não foi confirmado pelos bombeiros, mas a corporação trabalha com a possibilidade de encontrar mais vítimas ainda vivas sob os escombros.

 

“Nós sempre trabalhamos com essa possibilidade [de encontrar sobreviventes]. Temos todo o cuidado de fazer o trabalho de resgate, que é feito praticamente, contando com a possibilidade de encontrar pessoas com vida”, disse o coronel Roberto Robadey, comandante do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil do Estado.

 

O oficial informou que, após a tragédia, 25 imóveis foram interditados na comunidade de forma preventiva. Robadey disse que não há previsão de chuva nas próximas horas, o que poderia aumentar ainda mais o risco de novos deslizamentos.

Buscas por vítimas após deslizamento continuam em Niterói (Foto: Reprodução/TV Globo)

O que se sabe até o momento

 

? Nove casas habitadas e uma pizzaria foram atingidas pelo deslizamento

? Segundo os bombeiros, uma pedra rolou e atingiu os imóveis

? 11 pessoas foram resgatadas com vida. Entre elas, há um bebê

? 10 pessoas morreram. Entre elas, três crianças e duas idosas

? Moradores dizem que há ainda pelo menos quatro desaparecidos

? Os bombeiros foram chamados às 4h13

 

O secretário de Defesa Civil, comandante Roberto Robadey, afirma que a cidade estava em estágio de atenção por conta das chuvas dos últimos dias. "Choveu muito nos últimos dois dias. Niterói estava em estágio de atenção e alerta de acordo com a área e as comunidades estavam avisadas dessa situação, com recomendação para buscarem locais seguros", disse à GloboNews.

Nove casas habitadas e uma pizzaria foram atingidas pelo deslizamento (Foto: Reprodução/TV Globo)

Trabalho de resgate

 

Uma força-tarefa foi montada desde as primeiras horas da manhã para as ações de resgate às vítimas. São cerca de 200 profissionais da Defesa Civil de Niterói, Secretarias de Obras, Conservação, Assistência Social, Saúde e Companhia de Limpeza trabalhando de forma integrada com as equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual no socorro às vítimas. Agentes da NitTrans e da Guarda Municipal coordenam o tráfego para acesso à região.

 

Uma base de apoio foi montada na Escola Municipal Francisco Portugal Neves, em Piratininga, para receber os desabrigados. A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos informou que providencia alimentação no local, além de doação de cestas básicas para as famílias que optarem por ficar com familiares e amigos.

Do G1


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.