Apenas 11% dos moradores do Sul pretendem ter filhos nos próximos dois anos, aponta Ibope

Nordeste é a região onde as pessoas estão mais abertas à maternidade no país

24/04/2018 10h34 - Atualizado em 17/04/2020 14h39



Nos próximos dois anos, apenas 19% dos brasileiros pretendem ter filhos, 17% por gravidez e 2% por adoção. É o que mostra uma pesquisa sobre natalidade, divulgada pelo Ibope. Do total de entrevistados, 79% não pretendem ter filhos até 2020, e 2% não sabem.

 

A pesquisa do Ibope foi realizada entre os dias 15 e 18 de março com 1.491 pessoas com mais de 16 anos, em 143 municípios de todas as regiões do país.

 

O Nordeste é a região onde as pessoas estão mais abertas à maternidade/paternidade, onde 19% pretendem ter filhos biológicos e 3% querem adotar uma criança. Lá, 76% não pretendem ter filhos. Na Região Sul, apenas 11% pretendem ter filhos biológicos, e 87% não pretendem nos próximos dois anos.

 

No  Sudeste, 18% querem filhos biológicos e 2% querem adotar; 77% não pretendem ter filhos. No período de dois anos, nas regiões Norte e Centro Oeste, 16% dos entrevistados pretendem ter filhos por meio de uma gravidez e 1% por adoção, já 82% não querem filhos.

 

Parto natural ou cesárea

 

Entre os que pretendem ter filhos, 76% querem o parto normal em uma maternidade ou hospital, com 3% preferindo o parto em casa. Mesmo no caso de uma gravidez sem complicações, ou seja, quando não há risco nem para a mãe e nem para o bebê, 20% pretendem fazer uma cesariana.

Da Agência Brasil


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.