Secretaria de Educação realiza circuito de palestras em Ponte Serrada

Por Prefeitura de Ponte Serrada

21/08/2019 07:52




Na última semana, a Secretaria Municipal de Educação promoveu um circuito de palestras para crianças, adolescentes, trabalhando os temas como violência nas escolas, automutilação, bullying e prevenção ao suicídio, além do trabalho com professores, pais e comunidade em geral abordando questões importantes de como criar filhos emocionalmente fortes e saudáveis e como não perder a essência em tempos de urgência. Foram quatro dias intensos de aprendizagem e conhecimento através da palestrante Ana Cardoso.

 

Ana Cardoso é psicóloga graduada pela Instituição de Ensino Uniavan, da cidade de Balneário Camboriú e pós-graduada em Neuropsicológia Clínica pela Instituição de Ensino Unilas,  Anhanguera na cidade de Itapema, e Terapia Cognitivo Comportamental pela Instituição de Ensino Uniavan da cidade de Balneário Camboriú.

 

Para a secretária municipal de Educação, Andressa Caleffi Tamanho é primordial que diálogos como este aconteçam para informar e prevenir a violência no ambiente escolar. "Primeiramente, quero parabenizar toda a equipe da Secretaria Municipal de Educação que tem trabalhado incansavelmente para que possamos estar cada vez mais atuantes com nossos alunos e da mesma forma os membros da rede inter setorial de atendimento. Pedimos uma atenção redobrada, principalmente com ações assertivas para   que possamos coibir esse mal que assola o ambiente escolar. E temos a certeza que conseguimos plantar a sementes com este ciclo de palestras e conversas com nossos jovens e adolescentes, com os professores, com as famílias e a comunidade. As crianças, os jovens e suas famílias são o nosso bem mais precioso, não podemos perder vidas por desinformação ou por não atuarmos preventivamente.", destacou Andressa.



Durante as palestras, a psicóloga Ana Cardoso orientou os gestores sobre manifestações de violência no contexto escolar: "Temos que diagnosticar os focos e as causas de violência, criar espaços para discussão e reflexão sobre o tema e garantir que a instituição seja um local onde todos desejam estar", comentou. A psicóloga ressaltou ainda que a maior situação de risco é a privação do futuro, quando um jovem não pode sonhar, não pode se ver no futuro. "É violência também quando as crianças e adolescentes não têm direito ao passado, à memória, às suas raízes, ao percurso da sua família. Quando uma criança está submetida à escassez de outros significados e quando ela tem poucos adultos para contar, adultos que de fato se interessam por ela", concluiu.

 

Ponte Serrada recebe a visita do Instituto Federal Catarinense

 

Ponte Serrada recebeu no último dia 5 a visita da professora Marluse Castro Maciel, ela que é diretora de Desenvolvimento Educacional do IFC (Instituto Federal Catarinense) - Campus Abelardo luz. A visita teve como principal objetivo desenvolver parcerias para que os jovens do nono ano possam ingressar ao curso técnico em agropecuária oferecido pelo Instituto.



A diretora Marluse fala o quanto é  necessário expandir  e obter a participação de toda a região: "O IFC é uma entidade Federal, por tanto totalmente gratuita, tendo alojamento, refeição e professores com níveis de graduação, que vai desde mestrado até doutorado, por isso a importância dos jovens terem o acesso a Instituição, sendo que muitos deles teriam essa oportunidade de ter aulas com esses professores somente ao ingressar na Universidade, assim eles já poderão ter acesso a um ensino de alto nível. Prova disso, é de que os institutos Federais ficam sempre nas primeiras colocações no Enem, pois já realizam essa preparação dos jovens", afirma  Marluse.

 

A professora também aproveitou a oportunidade para visitar as escolas e apresentar aos alunos a ideia, as inscrições irão até setembro com um custo de R$ 25, mas para os alunos que queiram pedir isenção da inscrição o prazo é até 23 de agosto. As aulas iniciam no ano que vem. Além disso, os jovens que se classificam como baixa renda pode solicitar uma bolsa de estudo no valor de R$ 200.

 

Com a parceria da Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Educação e o Governo Municipal, abrem-se possibilidades  de oferecer o transporte aos alunos que queiram ingressar no IFC que ocorrerá todas as segundas com retorno nas sextas. Para mais informações os interessados deverão entrar em contado com a Secretaria de Educação ou na Secretaria de Assistência Social.  Para se inscrever visite o site,  http://abelardoluz.ifc.edu.br/ ou pelo telefone (47) 3331-7880.


Este conteúdo é de responsabilidade da Prefeitura de Ponte Serrada.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.