Creas de Ponte Serrada prepara programação alusiva ao dia 18 de maio

Por Prefeitura de Ponte Serrada

15/05/2019 08:19




Atividades estão sendo desenvolvidas com os usuários do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) para a campanha do 18 de Maio. De acordo com Patrícia Peroza, psicóloga e coordenadora do Creas, só foi possível realizar a campanha porque houve muita gente envolvida neste projeto. “A ajuda dos nossos usuários: adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em meio aberto e adolescentes vítimas de outras formas de violência (sexual, física, psicológica, negligência) e seus familiares, foi de grande valia, pois todos ajudaram na confecção das flores de EVA e de Biscuit. Foram feitas cinco mil flores de biscuit que serão entregues para todos os alunos da rede de ensino de Ponte Serrada e para a população em geral. Foram feitas mais de 300 flores amarelas de EVA que serão “plantadas” simbolicamente nos órgãos públicos que também lutam pela proteção das nossas crianças e adolescentes”.

 

A campanha tem como símbolo uma flor, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. O desenho também tem como objetivo proporcionar maior proximidade e identificação junto à sociedade, proximidade e identificação com a causa. Esse símbolo surge durante a mobilização do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de 2009. Porém, o que era para ser apenas uma campanha se tornou o símbolo da causa, a partir de 2010.



No próximo dia 13 de maio, serão “plantadas” no jardim do Creas 96 flores que simbolizam o número de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual (abuso e exploração sexual) entre 2015 a 2019, em média dois casos por mês em Ponte Serrada, para chamar atenção da sociedade para este enfrentamento que é dever de todos. Mais de 90% dos casos tiveram como abusador alguém da própria família (intrafamiliar) assim como mais de 90% dos casos as vítimas são do sexo feminino e abusadores, masculino.

 

Para Patrícia Peroza esse número pode ser ainda maior, já que nem todos os casos chegam às autoridades e por diversos motivos (medo, ameaças, dificuldade em compreender que o que é uma violência, etc). “Iremos distribuir 500 cartazes no comércio, postos de combustíveis, bares, rede de atendimento para também chamar a atenção da sociedade nessa mobilização, que não deve acontecer só no mês de maio, mas em todos os dias”, conclui Patrícia.

 

A campanha acontece em parceria com os órgãos de proteção e defesa dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes. Para denúncias divulgamos o Disque 100 e Conselho Tutelar.



Foram entregues  na segunda-feira, dia 13, para todas as unidades de ensino da rede municipal e estadual cinco mil unidades de kit que contém um panfleto informativo e uma flor de biscuit, as quais poderão ser utilizadas para enfeite de chimarrão.

 

Com todo cuidado e carinho este material foi elaborado para que toda nossa sociedade cuide e proteja as nossas crianças e adolescentes. Também foram entregues nos CEIs do município, flores amarelas de EVA que serão simbolicamente "plantadas" nas creches para simbolizar a campanha.





Este conteúdo é de responsabilidade da Prefeitura de Ponte Serrada.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.