Plantar, colher e comer é lema de projeto desenvolvido em escola de Ponte Serrada

Por Prefeitura de Ponte Serrada

26/06/2019 17h33 - Atualizado em 17/04/2020 14h39





Dentre os benefícios alcançados com o Projeto Horta na EBM Ubaldino de Araújo Bello da comunidade Adami, se destacam a produção e o consumo de alimentos naturais, atividades ligadas à culinária na escola. A inserção de assuntos como cuidados com a saúde influenciou as escolhas alimentares das crianças, além de apresentar na prática, as consequências que as ações do homem têm em relação ao meio ambiente.

 

E além do Projeto Horta na escola, está sendo implantado o projeto horto medicinal, o qual será de suma importância para toda a comunidade escolar do Adami.

 

A diretora da EBM Ubaldino de Araujo Bello, Francieli Silva de lara kehrvald salienta a importância desse projeto, pois envolve as mães para participarem. “Esses projetos vem de encontro com a interação entre os pais, alunos e a comunidade como um todo e através de uma parceria com o Cras, foram realizadas diversas atividades para as mães aprenderem a fazer remédios caseiros, que estarão sendo utilizadas pelas famílias da comunidade”, finaliza.



Este conteúdo é de responsabilidade da Prefeitura de Ponte Serrada.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.