Passos Maia envolve alunos de todas as escolas em projeto de reciclagem do lixo

Por Prefeitura de Passos Maia

07/06/2019 09:38




Estudantes de todas as escolas do município de Passos Maia estão participando do Projeto “Cidadão consciente”, que recolhe lixo para a reciclagem, em uma ação promovida pelas Secretarias de Educação e Desenvolvimento Social.

 

Plástico, papel e alumínio estão entre os materiais entregues pelos alunos em cada instituição de ensino. Nesta semana houve o recolhimento da primeira carga, com a arrecadação de 1.040 quilos de papel, 287 quilos de alumínio e 271 quilos de plástico.

 

A quantia rendeu R$ 1.225. O dinheiro será destinado às instituições de ensino participantes, conforme a arrecadação de cada uma. Fazem parte do projeto as Escolas Professora Coralia Gevaerd Olinnger, Duque de Caxias e Nossa Senhora Aparecida, além do Centro de Educação Infantil Branca de Neve e o Serviço de Fortalecimento de Vínculos (SCFV).



“É um projeto que surgiu para a gente conscientizar as pessoas, dar destino correto ao lixo e também transformar esse lixo em recursos para as nossas escolas”, diz a coordenadora pedagógica da Secretaria de Educação de Passos Maia, Fabiana Zanchet Moretto.

 

Os valores acumulados com a reciclagem do material também servirão para premiar as três turmas que mais juntarem lixo em cada instituição de ensino. A campeã vai ganhar uma visita ao shopping, com cinema, e à Arena Condá em Chapecó. A segunda colocada será premiada com pizza, enquanto a terceira vai receber sorvete.

 

O próximo recolhimento deve ocorrer dentro da primeira quinzena de julho, sempre em parceria com uma equipe da Secretaria de Infraestrutura de Passos Maia. “A gente aproveita para explicar que não é para ninguém sair catando lixo na rua, mas os alunos aproveitarem aquele lixo que pode ser separado dentro de casa”, orienta Fabiana, pedindo ainda para que o material seja entregue limpo.




Este conteúdo é de responsabilidade da Prefeitura de Passos Maia.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.